Foto. I Hate Rashes

O que é Prurido Braquiorradial?

O prurido braquioradial é uma disfunção neuropática não muito comum, que se caracteriza por coceira, ardência, dormência, queimação ou formigamento nos braços.

Quais os sintomas mais comuns do Prurido Braquiorradial?

Os sintomas podem ser de um lado do braço ou dos dois, e afetam a parte lateral posterior do braço e ante-braço. Em alguns casos pode afetar a face, o pescoço e omoplatas.

Foto: Prurido de Brachoradialis. Imagem cortesia de O.Chaigasame

O local atingido pode não ter escoriações alguma ou podem ter escoriações criadas por arranhões. O transtorno e o desconforto às vezes são tão graves que os pacientes recorrem à colocação de bolsas de gelo na pele para aliviar a sensação desagradável. Os pacientes estão mais frequentemente na meia-idade, atingindo mais mulheres.

Qual a origem do Prurido Braquiorradial?

O prurido braquiorradial é uma disfunção crônica de origem desconhecida, embora vários mecanismos de lesão tenham sido propostos. Foi descrito pela primeira vez na literatura em 1968, como prurida solar dos cotovelos e prurido braquiorradial de verão.

“Embora a causa exata da doença seja atualmente desconhecida, acredita-se que seja devido a danos cumulativos do sol ou compressão da raiz nervosa causada por doença degenerativa da coluna vertebral

Esquema dos dermátomos sensoriais e nervos sensoriais da extremidade superior. As regiões mais comumente afetadas no prurido braquioradial estão sombreadas.
Modificação da obra original de Mikael Häggström. Usado com permissão.

O Prurido Braquiorradial pode estar associado a uma combinação complexa de diversos fatores de risco, como por exemplo, a exposição ao sol prolongado, trauma, postura e lesão nervosa.

Os sintomas de muitos casos podem ser causados por fatores de risco mecânicos, ou seja, provocado por um movimento ou posição aplicado nos músculos e articulações.

O prurido braquiorradial é similarmente classificado como uma síndrome de prurido localizado, mas nas extremidades superiores (antebraço, cotovelos e braços), tipicamente um ou ambos os antebraços. Notalgia parestesica e prurido braquiorradial são geralmente condições crônicas, intermitentes e exacerbação. Muitas vezes essas síndromes dermatológicas, ambas as doenças são tipicamente consideradas multifatoriais com causa incerta.

Tratamento com medicamento

Diversos pacientes são tratados com medicamentos como esteroides tópicos, anti-histamínicos e agentes antiinflamatórios. Outros tratamentos de dor e coceira neuropáticas, incluindo capsaicina, amitriptilina e gabapentina, às vezes podem ser bem-sucedidos.

BSIP. UIG. Getty Images

Muitos pacientes não obtêm sucesso com o tratamento a base de medicamento.

Existem centenas de tratamentos medicamentosos para o distúrbio, mas nenhum funciona de forma confiável ou é melhor do que outro medicamento. Os pacientes passam por uma investigação exaustiva e desistimulante para determinar a causa, que nunca é encontrada na maioria dos casos.

Tratamento baseada na avaliação física e exercícios específicos.

Evidências sugerem que o Prurido Braquiorradial pode surgir do processo degenerativo e compressivo da coluna cervical. A doença degenerativa da coluna cervical (pescoço) pode ser um fator contribuinte importante.

Estudos mostram a associação entre o Prurido Braquiorradial e compressão da coluna cervical, ou seja, compressão no pescoço.

Considerando que a maioria das dores e sintomas musculoesqueléticos é de origem mecânica, pode estar aí o caminho para descobrir a origem de muitos casos de Prurido Braquiorradial.

A disfunção musculoesquelética que afeta o pescoço está associada à postura, e essa condição pode provocar a irritação das terminações nervosas no pescoço, responsável por causar a coceira, ardência, dormência, queimação ou formigamento nos braços.

Tratamento | Fisioterapia Avançada | Método Mckenzie

O método McKenzie de Diagnóstico e Terapia Mecânica (em inglês – Mechanical Diagnosis and Therapy – MDT) foi criado pelo fisioterapeuta neozelandês Robin McKenzie por volta de 1956, que se especializou no tratamento dos distúrbios musculoesqueléticos que atingem a coluna e os membros (braços e pernas).

Depoimento.

O objetivo da avaliação física e dos exercícios específicos é identificar a verdadeira origem dos sintomas, e corrigir o problema através da informação correta, exercícios específicos, educação sobre a postura e orientações sobre como prevenir as futuras crises.

A avaliação e os exercícios específicos de tratamento visam estimular, educar e habilitar o paciente, para que ele pratique de forma competente o autocuidado e autotratamento, conquistando assim, não apenas a solução dos sintomas atuais, mas também a prevenção, em longo prazo, da incidência de novas crises.

Dr. Abnel Alecrim, fisioterapeuta, Pós-graduação em Reabilitação Musculoesquelética e Esporte, Campinas, SP, Brasil.

Fonte:
Elsevier
PubMed
AOCD

Deixe seu recado:

Entre em Contato

(19) 3308-6330

Segunda à Sexta das 8h às 18h.

Lista Vip Doutor Abnel