VOCE NÃO PRECISA VIVER COM DOR NAS COSTAS

Conheça o Método McKenzie de Diagnóstico e Terapia Mecânica

Chega de sentir dor!

A eficácia da abordagem do Método Mckenzie demonstra que sintomas são reversíveis em mais de 70% dos casos, sendo abolidos rapidamente e em poucas sessões, sem depender de medicação ou cirurgia.

Esta abordagem é conhecida no mundo inteiro como Método Mckenzie de Diagnóstico e Terapia Mecânica (em inglês, Mechanical Diagnosis and Therapy MDT).

Quem pode se beneficiar?


Todas as pessoas que passam por uma ou mais situações abaixo poderão se beneficiar com a Fisioterapia Avançada.

- Todas aquelas pessoas que sofreram de uma crise de dor nas costas e que evitam determinados movimentos porque aparece a dor;

- Aquelas pessoas que sentem rigidez no corpo e dificuldade de levantar da cadeira após ficar sentada por muito tempo;

- Aquelas pessoas que sentem rigidez nos joelhos após ficar numa posição sentada por muito tempo;

- Aquelas pessoas que sentem dor, formigamento ou dormência no pescoço, ombros, braços e mãos;

- Aquelas pessoas que sentem dor persistente, por dias e anos na coluna lombar baixa, quadril, púbis e cóccix;

- Aquelas pessoas que sentem dor ao ficar por períodos prolongados sentadas dirigindo ou simplesmente numa cadeira ou sofá;

- Pessoas que sentem dores na coluna lombar baixa e irradiada para as pernas e pés;

- Aquelas pessoas que sentem dor no pescoço, e face após certo tempo sentada;

- Aquelas pessoas que sentem dor de cabeça, fundo dos olhos e face;

- Aquelas pessoas que sentem dores na ATM e tem bruxismo;

- Aquelas pessoas que após uma limpeza na casa ou apartamento sente dores na coluna, no pescoço e essa dor é persistente que precise tomar remédio ou não;

- Aquelas pessoas que fazem uso a um tempo de medicamentos antiinflamatórios e analgésicos;

- Dores contínuas nos períodos do dia, mesmo que seja por pouco tempo;

- Dores que aparecem após um tempo numa determinada posição em pé ou sentada, lendo um livro, no computador, ou realizando trabalhos em casa;

- Aquela dona de casa que deixou de fazer uma faxina, uma limpeza por não conseguir manter ou realizar um movimento específico, porque causa dor;

- Aquela pessoa que não consegue passar roupa, ficar na cozinha ou simplesmente agachar para pegar algo que as dores não deixam e incomodam;

- Aquela pessoa que já teve mais de uma crise de dor (dor forte) na coluna ou irradiada para os ombros, braços e mãos, ou para o quadril, pernas e pés.

- Aquela pessoa que deixou de praticar o esporte favorito por sentir dor quando realiza um movimento específico;

- Aquele atleta que deixou de correr ou simplesmente fazer a sua caminhada por sentir dores.

Veja mais informações sobre o Método McKenzie:

- Como funciona o tratamento?
- Qual a Filosofia do Método Mckenzie?
- Por que o resultado é rápido, seguro e eficaz?
- Por que o tratamento é considerado de baixo-custo?
- Quais as evidências científicas e a confiabilidade do Método Mckenzie?
- Quais os objetivos de tratamento?
- Quais as indicações de tratamento?
- Quais os benefícios e vantagens do Método Mckenzie?

Dr. Abnel Alecrim, Fisioterapeuta, Especialista em Reabilitação Musculoesquelética e Esporte, Campinas, SP, Brasil.

O Método McKenzie no Mundo

O sucesso do Método McKenzie tem atraído o interesse de pesquisadores em todo o mundo. Em resposta, o Instituto destina parte de sua renda ao financiamento de pesquisas que se relacionam com o método. E, para assegurar que seus membros estejam sempre atualizados, o Instituto criou um comitê cuja tarefa é fazer a revisão e um resumo dos trabalhos sobre coluna e extremidades publicados na literatura especializada e divulgá-los na sua lista de referências bibliográficas, atualizada periodicamente.

O governo da Dinamarca publicou recentemente um guia para a dor lombar, em que reconhece a validade científica da avaliação McKenzie e seu alto valor, tanto como ferramenta de dignóstico, quanto como um indicador de prognóstico para síndromes de dor aguda e crônica. (cf. Danish Institute for Health Technology Assessment; Low-back pain. Frequency, management and prevention from an HTA persective. Danish Health Technology Assessment; 1-106, 1999)

Desde a sua criação, o sistema McKenzie cresceu e () atraiu a atenção de oponentes, críticos e investigadores não-alinhados. Através dos anos, desenvolveram-se tensões à medida que o sistema McKenzie procurou acompanhar os avanços da ciência da coluna e que esta procurou acompanhar os avanços do sistema McKenzie. Nas ciências básicas, nossa compreensão da estrutura, função e patologia do disco intervertebral lombar aumentou enormemente.

Nas ciências clínicas, o advento da medicina baseada em evidência exigiu que intervenções tenham evidência de sua confiabilidade, validade e eficácia. Esses desenvolvimentos desafiaram o sistema McKenzie, mas não o ameaçaram. () nenhum outro sistema em fisioterapia atraiu tanta pesquisa, tanto de seus proponentes quanto de seus opositores. () Sua confiabilidade é agora inquestionável. Enquanto a pesquisa mostrou que outros métodos de avaliação carecem de confiabilidade, a avaliação Mckenzie se fortaleceu cada vez mais.

Bogduk, N. Preface. IN: McKenzie, R. MDT: The Lumbar Spine. Spinal Publications, NZ, 2002

Fonte: Instituto Mckenzie no Brasil

Deixe seu recado:

Entre em Contato

(19) 3308-6330

Segunda à Sexta das 8h às 18h.