Essa é uma crença altamente difundida, mas é enganosa, infelizmente. Existem muitos interesses por trás dessa dúvida, e só o conhecimento pode dar um fim nessa desinformação que causa diversos problemas na saúde.

"Embora realmente ocorra inflamação quando estão presentes certas condições, como Artrite Reumatoide e Espondilite Anquilosante, dor aguda na coluna, que surge repentinamente tem, em geral, natureza inteiramente mecânica isto é, são resultados do estiramento dos ligamentos de suporte em torno das vértebras na coluna lombar ou de deformação que possa ser causada por pequenos deslocamentos do disco intervertebral" Fisioterapeuta neozelandês Robin McKenzie, em seu livro - Treat yourself to your spine, 2007.


Quando o anti-inflamatório é necessário?


Dor inflamatória (Química) X Dor mecânica (física)

Uma das características da dor aguda na coluna, no estágio inflamatório, é a dor constante, ou seja, dor que não passa em momento algum, nem no repouso. É importante que outras características como o inchaço, rubor (vermelhidão na pele) e um aquecimento no local, estejam presentes, para fechar o quadro inflamatório agudo da coluna lombar. A dor mecânica pode ser intermitente (aparece as vezes) ou constante (Aparece em todo momento), mas não apresenta outros sinais inflamatórios.

É preciso investigar o verdadeiro estagio da dor da coluna, e identificar se a dor é de origem inflamatória (química) ou mecânica, caso contrário, o paciente vai fazer uso de anti-inflamatório de forma desnecessária, podendo sofrer muitos efeitos colaterais deste medicamento.


É importante identificar se a dor é provocada pela inflamação na coluna ou não.


A maioria das dores musculoesqueléticas, em especial, as dores na coluna, é de origem mecânica (física), ou seja, provocada por um movimento ou posição aplicado nos músculos e articulações. Sendo assim, o anti-inflamatório nesses casos, não surte efeito, e pode causar muitos efeitos indesejados ao paciente.


É importante rever a prescrição de remédio anti-inflamatório para dor na coluna.


Todos os Anti-inflamatórios (AINES) são perigosos, mas, alguns têm toxicidades mais elevadas do que outros. Há pouca razão para permitir a continuação da venda desses medicamentos, e há boa justificativa para retirá-la do mercado mundial. O Diclofenaco, por exemplo, continua a ser um anti-inflamatório muito popular no Brasil, apesar da evidência de que ele provoca ataques cardíacos e derrames, em taxas muito semelhantes à do remédio Viox, retirado do mercado em vários países.


Muitos destes medicamentos prescritos para a dor e inflamação também carregam o risco de dependência, o que pode levar à necessidade de tratamento de reabilitação de drogas de prescrição.


A dor lombar aguda e crônica passa logo?

Não. A ideia de que a dor na coluna é um problema de curta duração contraria as evidências obtidas em pesquisas.


Diversos estudos mostram que mais de 50% dos pacientes com dor lombar aguda e crônica, sofrem de crises que se repetem ou apresentam dor crônica ou dor persistentes na sequência de seus episódios de crise.


A demora em buscar a Fisioterapia Avançada (Especializada)


O que ocorre em muitos casos não resolvidos de dores musculoesqueléticas, é que, na ausência de um diagnóstico correto, muitos casos de dor musculoesquelética, em especial, as dores na coluna e irradiada, permanecem sem solução, e a romaria do paciente por uma informação confiável sobre o seu problema não acaba nunca.


A demora em buscar ajuda da Fisioterapia Avançada, associada a diagnósticos errados, procedimentos ineficazes e medicamentos sem a indicação adequada, levam muitos pacientes com dores musculoesqueléticas a não encontrar solução, podendo essas manifestações, evoluírem para dores mais intensas, persistentes e na incapacidade dos movimentos.


Fisioterapia Avançada - Método McKenzie

O Método Mckenzie de Diagnóstico e Terapia Mecânica (em inglês, Mechanical Diagnosis and Therapy MDT) é um sistema de tratamento amplo, com base em provas de avaliação e de condução de problemas musculoesqueléticos. O Método McKenzie possibilita avaliar e diagnosticar todas as áreas do sistema musculoesquelético.

Existem diversos tratamentos para problemas musculoesqueléticos no mundo, mas, por outro lado, poucos desses tratamentos são baseados em evidências.

A efetividade da avaliação e a solução na condução do problema, proporcionado pelo Método McKenzie no mundo, o validou como uma Fisioterapia Avançada eficaz, e que está ajudando milhares de pacientes a resolver diversas doenças do sistema musculoesquelético, como a dor lombar aguda e crônica.


Dr. Abnel Alecrim, Fisioterapeuta, Especialista em Reabilitação Musculoesquelética e Esporte, Campinas, SP, Brasil.

Deixe seu recado:

Entre em Contato

(19) 3308-6330

(19) 3212-1140

Segunda à Sexta das 8h às 18h.

Solicitação de Agendamento

Agende uma avaliao!