A melhora da dor lombar em muitos casos ocorre pela ação da mãe natureza, ou melhor, por um conjunto de ações realizadas pelo próprio corpo e de forma espontânea.

O que é dor lombar?

A dor lombar acontece quando uma pessoa tem dor na região mais baixa da coluna, perto da bacia. É também conhecida como "dor nas costas", "dor nos rins", "dor nos quartos" ou “dor na coluna”. A dor lombar quando não tratada no primeiro momento pode repetir diversas outras vezes, podendo irradiar para o abdome, quadril, períneo, virilha, ânus, joelhos, pernas e pés, podendo estar associada com formigamento, queimação ou dormência.

O que dizem os estudos sobre a melhora espontânea da dor lombar?

Dixom (1980) confirma que a dor lombar é autolimitada, e em seus trabalhos identificou que de cada 10 casos 9 deles a dor terá curto período de tempo e não exigiria atenção médica, seus estudos revelaram:

Pacientes com dor lombar (100 pacientes).
 

44% estavam melhor em 2 semanas;
86% estavam melhor em um mês;
92% em dois meses;
8% das pessoas apresentam dor superior a 2 meses.

Quais são as principais causas da dor lombar.

Ficar muito tempo sentado, movimentos repetitivos de arquear pra frente a coluna, carregar muito peso, postura errada e o desconhecimento da ergonomia são as principais causas das dores na coluna.

 

Estudos mostram que dor lombar é normal.

Nachelson (1976) relata que 80% das pessoas experimentam algum tipo de dor lombar em algum momento da vida.

O que é preciso saber sobre a dor lombar?

A dor lombar “desaparece” ou melhora na maioria dos casos, mas o problema que afetou os músculos e articulações persiste e continua evoluindo de forma silenciosa. A dor lombar vai e volta em muitos casos, e o paciente acredita o problema foi resolvido, até que as dores voltam novamente. É preciso investigar as causas das dores na coluna, e o mais importante, a origem dos sintomas como as dores, formigamento, queimação, dormência, etc.
 
A maioria das dores musculoesqueléticas é de origem mecânica, ou seja, provocada por um movimento ou posição aplicado nos músculos e articulações. É por isso que a postura e o desconhecimento da ergonomia estão quase sempre relacionados com os fatores de riscos.
 

A dor lombar volta em muitos casos.

Estudos mostram que após a primeira crise de dor na coluna a chance que esse episódio se repita aumenta em mais de 90% dos casos, ou seja, ela vai repetir.

Portanto, deixar de procurar um profissional qualificado para tratar as dores na coluna e irradiada é um risco que poderá ser cobrado no futuro.

O tratamento adequado do problema de coluna na maioria dos casos é deixado para a mãe natureza, ou seja, é ignorado ao invés de enfrentado e compreendido. Ocorre que à medida que as crises (dores fortes, travamentos, etc.) se repetem mais agredida fica a coluna, acelerando assim, o processo de envelhecimento e enfraquecimento dos músculos, articulações, discos, ligamentos, nervos e ossos. É nessa fase que ocorre um desencorajamento do paciente ao movimento, agravando ainda mais o quadro da dor de coluna, provocado por uma crença de que o movimento vai causar dor e lesionar ainda mais, o que não é verdade.
 

Tratamento – Método McKenzie

A Fisioterapia Avançada através do Método Mckenzie possibilita compreender melhor o problema na coluna lombar, diminuindo e abolindo as dores em poucas sessões

.

O mais importante no tratamento é poder resolver definitivamente a lesão que afetou os músculos e articulações da coluna, ensinando o paciente a prevenir futuras crises.

A demora em buscar ajuda especializada associada a diagnósticos errados leva muitos sintomas de dor, rigidez, estalos, dormência, formigamento e queimação nos músculos e articulações a piora, podendo essas manifestações evoluir para um quadro de dores mais intensa, persistente e incapacitante.

O tratamento realizado com o Método McKenzie possibilita um resultado rápido, seguro, realizado em poucas sessões, sem medicamento ou cirurgia.

Vantagens e Benefícios do Método McKenzie

O Tratamento é Rápido e Eficaz.
Geralmente, são necessárias poucas sessões (3 a 5) para que o paciente sinta alívio dos sintomas. Por atuar diretamente na causa, para resolver o problema o método é rápido, eficaz, sem remédio ou cirurgia.

O Método tem Caráter Preventivo.
O paciente, consciente do diagnóstico, é treinado, capacitado e estimulado a desenvolver ações preventivas que buscam evitar novas crises.

É Um Método de Autotratamento.
O exercício prescrito é feito em casa ou no trabalho. O paciente não precisa ir diariamente ao consultório do fisioterapeuta.

Reduz o Afastamento do Trabalho.
O paciente é estimulado a manter-se na atividade durante o tratamento.

Mudança de Comportamento.
Mostra aos pacientes que a maioria das pessoas que sofre com as dores musculoesqueléticas e que se dispõe a obter o conhecimento adequado para o seu problema, pode se tratar com sucesso.


Dr. Abnel Alecrim, 
Fisioterapeuta, Especialista em Reabilitação Musculoesquelética e Esporte, Campinas, SP, Brasil.

Fique livre das dores musculoesqueléticas. Faça a Fisioterapia Avançada.

Deixe seu recado:

Entre em Contato

(19) 3308-6330

Segunda à Sexta das 8h às 18h.