Oi, gostaria de agendar uma consulta!

Campinas/SP
São Paulo/SP

Carmen Silvia teve lesões e manchas nas costas devido à coceira persistente. Ela descobriu que tem uma doença chamada notalgia parestésica.

João Vítor Reis | 08/05/2023 2:00, atualizado 06/05/2023 20:10

Existem poucas coisas na vida mais incômodas do que uma coceira nas costas. Embora na maioria das vezes a situação seja resolvida rapidamente, existem alguns casos onde o paciente fica anos com o pruído e o que começou de forma simples pode machucar e se tornar um quadro preocupante.

Foi o caso de Carmen Silvia Pigatto, de 60 anos, que passou 25 anos sem um diagnóstico preciso para uma coceira entre as escápulas. A vendedora de Campinas, em São Paulo, sentia também ardência e formigamento no local, e a situação se agravou a ponto de criar lesões e manchas em sua pele, atrapalhando seu trabalho.

Passei por dermatologistas, ortopedistas e fisiatras, mas eles não chegaram a um diagnóstico. Fui tratada de forma errada com um corticóide para a mancha nas costas, o que causou retração permanente na pele. A coceira é um incômodo bastante irritante, que causa constrangimento em locais públicos, lamenta a vendedora.

No ano passado, depois de mais uma pesquisa na internet pelos seus sintomas, ela encontrou a página do fisioterapeuta Abnel Alecrim, que listava tudo o que ela sentia. Carmen marcou uma consulta, fez exames, e finalmente foi diagnosticada com notalgia parestésica.

Sobre a doença

A dermatologista Renata Mariella, da clínica Renoir Especialidades Médicas, em Brasília, explica que a notalgia parestésica é uma doença crônica que acomete os nervos das costas, em especial na parte superior, e que geralmente vem acompanhada de uma mancha castanha no local.

Não se sabe exatamente o que desencadeia a condição, mas os médicos acreditam que os sintomas sejam causados pela compressão de um músculo ou nervo, ou alterações degenerativas na coluna.

É uma doença mais comum em mulheres entre 50 e 60 anos. O tratamento mais indicado inclui fisioterapia para auxiliar a lesão da coluna e diminuição dos sintomas. O uso de pomadas imunomoduladoras também é uma opção, mas algumas pessoas têm retorno do quadro logo após sua suspensão, afirma Renata.

Carmen conta que o que causou a inflamação nos nervos de suas costas foi a má postura ao sentar e dormir. O tratamento com fisioterapeuta foi feito com exercícios para corrigir a postura.

Tratamento
O fisioterapeuta Alecrim, que atende a vendedora em Campinas, explica que para atender melhor um paciente com notalgia é preciso, primeiro, fazer avaliações físicas para entender qual a relação da postura com as coceiras. Só então será possível orientar a pessoa com os exercícios e cuidados ergonômicos adequados.

A correção da postura pode reduzir o desgaste e o processo degenerativo dos discos e vértebras da coluna vertebral, prevenindo a ocorrência de abaulamentos, hérnias de disco, sobrecarga nos discos e irritação nas fibras nervosas sensitivas da coluna vertebral, diz Alecrim, que usa como terapia o Método McKenzie.

Atualmente, o quadro de Carmen está totalmente controlado e as coceiras aliviaram conforme ela aumentava a frequência de exercícios. Posso fazer de tudo. Não há restrições para mim. Apenas me exercito todos os dias e cuido da minha postura, conta, aliviada.

Fonte: Portal de Notícias Metrópoles

.

.

🚨 AGENDE A SUA CONSULTA ON-LINE (POR VÍDEO | WHATSAPP) OU PRESENCIAL. LIGUE JÁ NO TEL.: 19 3308-6330, ou pelo WhatsApp: https://wa.me/message/PW4QUVXGCCKOP1 - (+55 19 98601-1281).

.

Fique livre das dores na Coluna e irradiada para as pernas e braços. Faça a Fisioterapia Avançada.

.

MAIS INFORMAÇÕES: 👇👇👇

1 - YouTube:
https://www.youtube.com/@PensandoSaudeBr/videos

2 - Instagram:
https://www.instagram.com/drabnel.alecrim/

3 - Facebook:
https://www.facebook.com/PensandoSaude

4 - TikTok:
https://www.tiktok.com/@user958546231352

5 - Twitter:
https://twitter.com/drabnelalecrim

6 - Linkedin:
https://www.linkedin.com/company/3113355/admin/feed/posts/

7 - Site 1:
https://abnelalecrim.com.br/

8 - Site 2:
https://dornacoluna.fst.br/fisioterapia-avancada/metodo-mckenzie.html

9 - Site 3:
https://pensandosaude.com.br/fisioterapia-avancada/metodo-mckenzie.html

Deixe seu recado:

X